SHARIA ou XARIÁ

Em português, a grafia Xariá é também aceita e prevista no dicionário, ou seja, gramaticamente correta. Sharia geralmente é utilizada na lingua inglesa. Seu significado é “legislação”, “caminho”, ou seja, ela versa sobre o Direito Islâmico. É comumente entendida como a Lei Islâmica e o resultado de suas jurisprudências.

É possível depreender que a maioria dos Estados onde o governo é muçulmano, haja uma pressão ou influência da Sharia no cotidiano, nos costumes, nas leis, enfim, na vida em sociedade. Há um choque evidente na questão penal, onde as regras de julgamento e punição diferem muito das que se aplicam no Ocidente e, inúmeras vezes, geram debates acalorados.

Mas de onde ela vêm?

A Sharia é um resultado complexo de ensinamentos do Corão (livro sagrado do Islã) e da Suna (Sunna em inglês) obra que retrata a vida e os caminhos do Profeta Maomé. A expansão dos governos islamicos do passado rumo à Ásia e África obrigou os povoados a conceberem uma renovação de seus hábitos e leis para adaptação à Sharia. Concebeu-se então éditos e estudos, e tradições de pensamento que derivaram nas divisões que conhecemos hoje. A maior parte dos muçulmanos sunitas seguem os hanafitas, hambalitas, maliquitas ou shafi’i, enquanto a maior parte dos xiitas, os duodecimanos, seguem a escola jaafaritas de pensamento. Estes nomes são inspirados nos estudiosos que originaram os sistemas.

Uma pequena matriz de como essas escolas se aplicam:

SHARIA

No entanto, são referências para cada sistema legal de determinado Estado. Os indivíduos, na maioria das vezes, tendem a seguir um pouco de cada raiz, conforme entenda que se aplica melhor.

Já os XIITAS podem ser observados na teocracia do Irã, aplicando a matriz dos jaafaritas. Os Xiitas rejeitam o consenso de uma determinada população como capaz de realizar avanços / atualizações na lei (fonte secundária do direito). O mesmo vale para analogias. De acordo com seus legisladores, essa seria uma forma de inserir “inovações” perigosas à manutenção de uma pureza doutrinária.

Este é um texto introdutório, para aqueles que desejam conhecer pouco mais dos temas relacionados ao Oriente Médio, notícias e Islamismo, mas sem o aprofundamento acadêmico.

Anúncios

Um comentário sobre “SHARIA ou XARIÁ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s