BRASIL – Atualização Política (18/05/2017)

corruption_in_brazil__tjeerd_royaards

Infelizmente o caos no Brasil nos força a trazê-lo ao site. Tentei manter os temas globais em evidência, mas como ignorar o momento do meu País? Após a divulgação, pela JBS, de todos os áudios e dados, e de ameaçar 1890 políticos com uma mega delação, só me resta um simples desabafo.

Deixai toda esperança, ó vós que entrais.” (Dante, Inferno)
Algo deve mudar para que tudo continue como está” (Lampedusa)

A citação de Dante é o que deveria abrir nossa Constituição. Semelhante ao Inferno, o cenário é caótico e triste. Por mais que almas mesquinhas sintam prazer enorme em constatar a falência do modelo público e democrático que o Brasil alimenta, a tristeza é que tomará conta das nobres almas, quando se derem conta de que estamos caminhando pelo Inferno sem a brilhante figura de um Virgílio. O poeta maior foi necessário como um guia ao bom Dante, quando dizia:

Livra-te desse medo circunspecto;
Aqui toda tibiez esteja morta;
Que chegando ora estamos ao conspecto
Das tristes gentes das quais já te disse
Que têm perdido o bem do intelecto”.

Esse papel nunca caberia a uma pessoa. Caberia às Instituições. Afinal de contas, Hobbes tinha razão quando temia a natureza humana. Que é o homem se não um amontoado de paixões insólitas a se mover de um lado para o outro, como um zumbi utilitarista?

Na prática, hoje não tivemos uma novidade. Tivemos sim a chance de analisar alguns focos novos na sociedade.

Grampear e divulgar áudios de presidente da República é errado? Sim ou Não? (eu, pessoalmente apoio a transparência).

Delação premiada é aceitável? É possível confiar em delações? (eu, pessoalmente acho que sim, desde que conduzida por evidências e, de preferência, provas).

Lembre-se, você não pode ter 2 pesos para mesma medida. Caso isso ocorra, você é só um hipócrita que funciona como joguete de um time de futebol qualquer.

A Política é uma arte nobre. Os políticos são subproduto da população que os dirige. Eu também acredito que todo o poder emana do povo, afinal, quem elege? E no entanto o que temos hoje é uma disputa muito simples. Responda honestamente consigo mesmo:

“OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS?”

Caso sua resposta seja positiva, você não é de esquerda ou de direita, é só um amoral ou até um imoral, cuja ética inexistente mancha a própria conduta. Está em absoluta consonância com os atos que condena, ou seja, é parte do processo.

Caso sua resposta seja negativa, há esperanças. Aí você pode tentar conduzir sua realidade de forma plena. Mas precisa ser honesto o suficiente para entender se não é um raciocínio de momento. Ética e moral não são variáveis, não são justificáveis e não são moldados pela realidade. Elas moldam a realidade. Ou as tem, ou não as tem. Suas qualidades sim podem ser discutidas.

Vamos supor um milagre. Todas as lideranças de PT, PSDB e PMDB são afastadas, eleições indiretas convocadas. Quais as lideranças no legislativo?

Em 2018, nas eleições presidenciais, imagine um cenário sem caciques. Qual a liderança nova que trará ar fresco e tentará reconquistar corações e mentes? Quem será o Tite da política brasileira? Ninguém.

Eis a armadilha.

Na cassação da chapa Dilma/Temer (e se você acha que votou na Dilma e não no Temer, pense melhor. Você votou na chapa e escolheu o pacote. Infelizmente é a dura realidade. É como uma boia do Titanic, laranjinha, com duas pessoas abraçadas nela. Não dá para escolher.

1) Dilma teve requisitada a cassação de seus direitos políticos por sete anos, enquanto Temer apenas o afastamento, que o permitiria retornar pela eleição indireta. Ele poderia, portanto, renunciar agora e ser legitimado pelo Legislativo. Essa opção existe e não é uma chance pequena.

2) Aécio está enterrado. Precisa ir cheirar seus assuntos em local mais reservado, pois se já não tinha qualidade para ser Presidente, agora carece de legitimidade.

São mais de 1800 políticos na delação da JBS. Todos os caciques estão envolvidos, pois a negociata política exige uma troca de favores na escalada para o poder. Dinheiro é fator preponderante nas eleições, é só observar o nível de gastos para cada candidato eleito. Financiamento público? OK, mas será então que não existirá um caixa 2? Caixa 3? Dinheiro no exterior bancando gente graúda? Ora, sem inocência.

Os políticos não são o reflexo da sociedade que os elegeu. Eles conseguiram criar uma barreira de ignorância tão grande, tão absurda, que dividiram a população enquanto se abraçam e se defendem como corporação. Percebam as inúmeras fotos de Dilma, Temer, Lula, FHC, Aécio, Alckmin, etc.

Onde vocês veem divisão, eu vejo união.

Como resolver? Eleja candidatos novos. Por pior que eles sejam, não podem ser muito piores do que os atuais….

“E essa história de gestor na política?” muito antes dos EUA, o Lula vendeu a Dilma como gestora… Muito antes de Dória, a Dilma seria nossa gerente. Lula é bandido? Claro que é. Temer e Aécio? Também. Percebam que é o banditismo que os une. Eles vão tentar acirrar ainda mais os ânimos, dividir mais a população entre si mesma, mas não vão deixar de se amar em segredo, jantando juntos e planejando o futuro.

Mas eu não tenho dúvidas, que deste caos, teremos salvadores diversos. Lula é um deles, com aquele tom messiânico e jeito forjado de homem simples. Uma ofensa ao trabalhador honesto do cotidiano. Bolsonaro (?) é outro, que insistirá em endurecer o discurso para mobilizar aquelas mentes fracas que acreditam na violência como solução. E quem sabe ainda não pinta um FHC ou Dória?

Mas depois de tudo isso, lembro a todos que:

Algo deve mudar para que tudo continue como está” (Lampedusa)

Ou seja, corremos o horrendo risco de nos atormentarmos em emoções e paixões, e ao final, nada mudar de fato, seguindo a tônica corrupta que nos abraça desde Deodoro.

Tenhamos parcimônia na renovação através da eleição. Que todos sumam da vida pública pelas mãos do voto.

Imagem do início do post disponível neste link.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s